‘Monção e Melgaço Granfondo' Prevê cerca de 2.000 participantes Destaque

Data Realização: 

20 de Dezembro 2017

(...in FREEBIKE.pt, 19/12/2017)

Evento foi apresentado ontem em Melgaço e já tem confirmadas presenças internacionais

Em setembro de 2018 a região do alvarinho recebe, pela primeira vez, um granfondo: ‘Monção e Melgaço Granfondo’ espera atrair cerca de 2.000 participantes e já tem confirmadas presenças internacionais. O evento ciclístico foi apresentado ontem, em Melgaço, numa cerimónia que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, e que o considerou desde já como aliado número um para colocar o território, e Portugal, no mapa do turismo: «Esta prova tem tudo para mostrar o que as pessoas procuram, que é o luxo, a autenticidade!».

‘Monção e Melgaço Granfondo’ será a simbiose perfeita entre clima, paisagem e paixão pela bicicleta. Manuel Zeferino, o antigo ciclista e organizador do evento, destaca a localização geográfica, a beleza do território e a proximidade com a Galiza os indicadores chave para conquistar os amantes da modalidade: «levaremos os participantes a conhecer alguns dos locais emblemáticos da região, como a Serra da Peneda, passando por entre vinhedos e aldeias históricas como Castro Laboreiro, Santo António Val de Poldros, Lamas de Mouro, Parada do Monte, Branda da Aveleira ou Portela do Alvite».

O evento com partida e chegada em Monção e passagem por Melgaço oferece três distâncias: Granfondo com 140 km, Mediofondo com 104 km e o Minifondo, com 62 km. «Seja qual for o escolhido, há pelo menos uma certeza: a beleza das paisagens, repletas de verde e cursos de água», promete a organização. Entre outras grandes figuras do ciclismo mundial estão já confirmadas as participações do campeão do mundo de estrada, Rui Costa, do espanhol Alberto Contador, dos galegos Óscar Pereiro, que venceu a ’tour’ de França, Álvaro Pino, que conquistou a Volta a Espanha, e dos portugueses Marco Chagas e Joaquim Andrade.

«Temos a certeza de que o evento mobilizará à nossa região muitas pessoas, não só atletas, como curiosos movidos pela adrenalina do ciclismo. A prova será, com toda a certeza, um evento de grande promoção para o território e para o seu ex-libris, o Alvarinho», referiu Manoel Batista, autarca de Melgaço, considerando que «a prova será mais uma das nossas apostas para atrair visitantes ao nosso município. Melgaço é um destino de natureza por excelência, com características geográficas e geológicas que lhe concedem uma posição de destaque na região Norte de Portugal. Queremos que seja um evento de referência: ganha o território, os produtores, a economia, ganhamos todos».

‘Monção e Melgaço Granfondo’ é aberto a profissionais, amadores e sociedade civil. As inscrições, com um custo de 30 euros para atletas federados e de 35 euros para não federados, abrem no dia 29 de dezembro. Mais informações em www.moncaoemelgacogranfondo.com.

Não fosse a região uma terra de tradições e costumes, onde a gastronomia é um belo convite para visita, a prova vai abarcar um programa paralelo que inclui uma mostra de artesanato e produtos locais. Haverá ainda uma exposição de material de ciclismo, entre outras iniciativas.

A apresentação da prova decorreu no auditório da Escola Superior de Desporto e Lazer (ESDL) e teve também a presença do presidente da Câmara Municipal de Monção, António Barbosa, Manuel Pinheiro, Presidente da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), Jorge Magalhães, Vice-presidente da TPNP. O evento é uma organização conjunta das Câmaras Municipais de Melgaço e Monção juntamente com a Bikeservice, entidade promotora, contando com o apoio de diversas entidades.